Bastão de Caminhada

postado em: Dicas, Equipamentos | 0

Um dos equipamentos que eu particularmente não abro mão em minhas caminhadas são os bastões de caminhada. É, no plural mesmo: eu não uso bastão de caminhada porque uso dois na maior parte do tempo. Mas muitas vezes sou a exceção entre os caminhantes. Muita gente não usa, ou usa apenas um. Daí fica a questão: será que vale mesmo a pena usar?

Veja bem: se eu uso é porque acho importante. Na primeira caminhada que fiz, pelo Caminho da Fé, em 2015, não usei. Mas depois disso comecei a usar e não parei mais. Sempre o par.

Os bastões de caminhada aliviam bastante a pressão nos joelhos, principalmente nas descidas. Mas não apenas isso: bastão de caminhada também ajuda nas subidas, dá estabilidade em terrenos desnivelados, na travessia de cursos d’água, ajuda a espantar animais…

Existe uma outra vantagem no uso de bastões de caminhada: uma pesquisa de 2008 mostrou que os bastões também ajudam psicologicamente o caminhante. Assim, ao usar bastões, você acaba não percebendo tanto o exercício e seu corpo consome mais calorias. Os bastões te dão mais segurança durante a caminhada.

Os meus bastões atuais, comprados no Chile, tem sistema anti-choque.

Vantagens no uso de bastão de caminhada

Estabilidade – ao usar dois bastões de caminhada você movimenta os braços no ritmo da caminhada e deixa seu corpo mais estável, evitando quedas e tombos. Eles também deixam seu corpo mais estável na travessia de rios, lama e trechos com pedras.

Consumo de energia – usando dois bastões de caminhada você aumenta o consumo de energia do seu corpo, porque acaba envolvendo também o uso dos braços de forma ativa na caminhada. (Tá bom: em alguns casos esse ponto pode ser uma desvantagem. Ao gastar mais energia você irá necessitar de mais comida….)

Praticidade – existem várias barracas que usam o bastão de caminhada como forma de sustentação, diminuindo o peso que você carrega na mochila.

Menor desgaste – o uso de bastões diminui significativamente o desgaste dos joelhos em subidas e descidas, mas também em terrenos planos, transferindo parte da força das pernas para os braços.

Três bastões? É isso mesmo? Acho que exagerei…

Como usar corretamente os bastões de caminhada

O grande problema que vejo em caminhadas é que muita gente não sabe como usá-los corretamente. Não basta apenas levar os bastões pra passear – nesse caso você está apenas carregando peso extra, sem nenhuma vantagem real para o seu corpo.

A primeira coisa a fazer é regular o tamanho correto dos bastões. No terreno plano, seguro os bastões com os braços em 90 graus. Vale a pena regular novamente os bastões em subidas (deixando-os menores) e descidas (deixando-os maiores).

Não deixe de usar a braçadeira dos bastões: elas ajudam na estabilidade e segurança, além de distribuírem o peso por o seu braço. Para usar as braçadeiras passe a mão por ela de baixo pra cima e depois segure o bastão. Assim você não irá perder o bastão se desequilibrar.

Qual bastão comprar?

Existem diferentes tipos e modelos de bastões, confeccionados em diferentes materiais e diferentes tipos de encaixe. Alguns pontos que você precisa ficar atento:

Preço – vale a pena gastar um pouco mais e comprar um bom par de bastões de caminhada. Se não quiser gastar nada um galho de árvore já vai te ajudar 🙂

Peso – o material usado nos bastões vai ser determinante. Bastões de fibra de carbono são mais leves que aqueles feitos de alumínio, por exemplo.

Durabilidade – como eu disse, bastões de caminhada feitos de fibra de carbono são mais leves, mas tendem a durar menos. Se quiser equipamentos mais duráveis é recomendado que procure aqueles de alumínio.

Pegador – o tipo de material vai influenciar diretamente no conforto (e na presença ou não de bolhas nas suas mãos…). Eles podem ser de espuma (mais barato e menos durável), cortiça (normalmente mais confortável e caro) ou borracha.

Compactação – alguns tipos de bastões podem reduzir bastante no tamanho, o que os deixam bastante compactos. Assim você pode colocá-los dentro da mochila quando não estiver usando. Fique de olho também na forma de ajuste: por rosca ou borboleta. Estas são mais práticas.

Absorção de impacto – existem bastões de caminhada que usam um sistema de absorção de impacto, uma espécie de amortecedor que vai ajudar a dissipar o impacto nas suas articulações.

Dicas de bastões de caminhada

Enquanto nos Estados Unidos são dezenas de tipos, modelos e preços de bastões de caminhada disponíveis, não são muitas as opções no Brasil. Sempre dá pra comprar os importados online, mas as taxas de importação e transporte, além da taxa de conversão do dólar, deixam os preços impraticáveis. Enquanto por aqui cada bastão custa a partir de R$65,00, espere pagar pelo menos R$300,00 no par de um bastão importado básico, com modelos de ponta podendo chegar fácil a R$800,00.

Dos disponíveis no Brasil destaco:

Quechua Hike 100 – Se você quer um bastão básico e barato, o Quechua Hike 100 é imbatível – custa menos de R$50,00 cada. É leve mas pouco confortável.

Coleman – Custando cerca de R$65,00 cada (R$130,00 o par) o Bastão Trekking pesa cerca de 420 gramas e tem um pé de borracha removível, que ajuda a diminuir o impacto no solo.

Quechua Arpenaz 200 – Um pouco mais caro mas bem mais confortável que o modelo básico da marca.

Nautika – Com preço similar ao da Coleman, o bastão da Nautika, também em alumínio, pesa bem menos 365 gramas cada.

Guepardo – Também na faixa de R$70 cada (R$140 o par) o Guepardo Ab0100 se destaca por seu sistema anti-choque. Mas é pesadão, com mais de meio quilo cada.

Azteq – Noutro patamar de preço e qualidade está o Azteq Actos. Super leve (358 gramas cada) e compacto (30cm fechado) é o que tem de melhor no mercado brasileiro.

Forclaz MT500 – O topo de linha vendido exclusivamente pela Decathlon une leveza, compactabilidade e conforto. Mas isso tem preço: espere pagar R$250 a unidade…

Ah, é bom deixar claro que se você comprar seu novo bastão de caminhada por qualquer um dos links acima você vai pagar o preço divulgado pelo site vendedor e eu vou receber um percentual, garantindo assim a manutenção desse blog 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.