Pacific Crest Trail S01E115

Dia 115

Spiller Creek

49 km hoje

3971 km total

Por mais difícil que tenha sido o dia de ontem – rios pra cruzar, o tênis rasgado, a altitude, eu chegando no local pra acampar já escurecendo – não se compara ao que foi hoje.

Um sobe de desce digno da Appalachian Trail. Pelo menos quatro montanhas sofridas pra tentar chegar o mais próximo possível de Tuolumne Meadows para ter que andar menos amanhã.

Virou lugar comum mas é impossível descrever o cenário. Veja as fotos – as poucas que consegui tirar – e tire suas conclusões.

Durante todo o dia foram pelo menos 5 rios que tive que cruzar. E mais uma vez agradeço por não estar fazer a trilha na neve. O nível de todos eles está baixo, no máximo na canela. Molha o pé, claro. E com o rasgo no tênis entra uma tonelada de pedras. Mas ainda assim é melhor neve.

Eu tinha duas opções: ou parava com o dia ainda claro e acordava às cinco pra chegar antes de uma no correio ou andava um pouco à noite e saia no horário de sempre, às 6:30, quando já amanheceu. Optei por andar à noite. Ainda assim parei antes do que gostaria, logo depois de cruzar mais um rio.

E escuro, não achei o local certo pra montar a barraca. Sabia que estava ali – só não sabia onde. Depois de gastar uns minutos procurando, me dei por vencido. Montei a barraca num local plano, perto da trilha. E quando fui ao rio buscar água vi os locais pra montar a barraca. Tarde demais. Agora só saio daqui amanhã.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.