Pacific Crest Trail S01E75

Dia 75 | Oregon Challenge Day 7

55 km hoje | 2448 km total

Shelter Cove Resort

Metade do tempo previsto pra completar o Oregon Challenge e está claro que eu não vou percorrer o estado em 14 dias. Talvez eu faça em 15. Mais certo em 16. Ainda assim, 730 quilômetros em 16 dias é coisa pra burro. É uma maratona por dia. Quem anima?

As horas que parei pra comer em Lake Fish e o tempo de espera em Crater Lake contribuíram pra essa certeza. Se quiser terminar em duas semanas tenho que fazer a doideira de andar 60 quilômetros por dia. Não vou fazer isso…

Agora é pensar macro: eu quero chegar ao Canadá até o final de agosto, para ter pelo menos três semanas pra fazer Sierra Nevada. Assim, a meta agora é andar 25 milhas, 40 quilômetros por dia até lá. Ainda é muito, eu sei. Tá puxado. Mas é o que temos no momento…

Os pernilongos continuam a mil. Sem repelente, só pensava em chegar no próximo resort pra comprar um. A manhã foi enlouquecedora: um passo, um tapa em cada braço. Em alguns momentos eu corria pra me livrar deles. Ajudava, mas não resolvia. Como não resolviam a calça, a blusa, o buff no pescoço, o boné, o tênis, as meias. Eles picavam por sobre a roupa.

Cheguei na estrada onde falaram que tinha água e notei outras caixas num canto. Fui abrindo: na primeira, carregadores de celular. Na segunda, absorventes e artigos íntimos. Na terceira, comprimidos e remédios. Na última, repelentes. Não acreditei. The trail provides, é isso? Eram do tipo de lenços umedecidos, sachês de uso individual. Peguei uma caixa, que seria suficiente até o próximo resort, o Shelter Cove.

Cheguei no resort quase nove da noite. O restaurante estava fechado, mas como era o único lugar com internet, umas pessoas estavam por ali. “O banho é 2 dólares por três minutos. Eu tenho umas moedas se você precisar”, me disse uma senhora sentada a minha frente. A princípio recusei: “acho que estou bem. Obrigado”. Mas olhando meu estado reconsiderei. Contei minhas moedas e vi que tinha 1,50. “Toma. Isso vai te dar seis minutos”, me disse ela, me entregando 2,50 em moedas de 25 centavos.

Agradeci, guardei as moedas e fui procurar um lugar pra acampar. Supostamente teria que pagar 10 dólares pra acampar ali, mas cheguei tarde não tive pra quem pagar. Achei o local reservado pra PCT Hikers entre o estacionamento de motor homes e caminhonetes e montei ali minha barraca. Dei o cano no camping.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.