Appalachian Trail S01E96

Dia 96, 19/07: Dalton, MA (1568.7) a Mark Noepel Shelter (1582.6)

Distância do dia: 13.9 milhas | 22,36 km
Distância total: 1582.6 + 8.8 milhas | 2561,11 km
Distância que falta: 607.2 milhas | 977,19 km

Acordei cedão, guardei minhas coisas e saí da casa do Tom. Era pouco depois das seis. O cara é muito gente boa em deixar uma galera – tinham pelo menos dez pessoas – acampar no quintal dele.

Como estava na cidade, passei na loja de conveniência e comprei café, um sanduíche e um bolinho. Comi no banco em frente à igreja e logo quando estava acabando Old Soul chegou e saímos juntos. A gente já tinha conversado um pouco na noite anterior. Ela é baixinha, usa óculos antigos e grandes e tem um sorriso tímido mas cativante. Seu jeito me lembra o da Raquel Schembri e por isso gostei dela. Na noite anterior, enquanto a gente conversava, ela escrevia cartões postais pros amigos.

Eu quis saber o porquê do nome, Old Soul. “Ah, eu gosto de coisa velha, não sou ligada em tecnologia… sou da Pennsylvania, bem perto de onde os Amish estão, e acho que isso me influenciou. E além disso eu tenho esses cabelos brancos aqui, apesar de ter só 24 anos”, diz ela, mostrando meio orgulhosa meia dúzia de fios.

Fomos conversando no trecho da trilha que corta a cidade. Quando entramos na mata ela ficou pra trás.

O dia era tranquilo até a cidade de Chershire, há quase dez milhas a dali, depois havia uma grande subida. Cheguei no vilarejo e fiquei um tempo sentado num banco, vendo crianças irem buscar pros pais correspondências nos correios. Logo que saí Wash Bear mandou uma mensagem. “Estou em Dalton, e você?” “Chershire”, respondi. “Estou indo pro Wilbur Clearing Shelter. Nos vemos lá”.

Botei o telefone no modo avião e saí. Na metade do morro ligo de novo e tem uma mensagem dele. “Não vou conseguir chegar lá”. Ainda era cedo mas eu não tinha pressa. “Ok. Te espero no Mark Noepel Shelter e a gente decide se continua”, escrevi. “Se ainda não tiver chegado em Chershire passa na loja e compra uma cerveja, rola?”.

Cheguei no shelter às duas e fiquei ali por um bom tempo sozinho, curtindo o dia e folhando os livros que tinham ali. Old Soul chegou no meio da tarde. Pegou água e foi pro próximo abrigo. Wash Bear chegou depois. “Só você aqui?”. Era. Mas não por muito tempo.

Primeiro o Saint chegou, deixou um recado – falando mal dos hikers, como sempre – e foi acampar. Depois o Waffles, com seu pai e um amigo. Major Tom depois. Mais um ou outro no acampamento.

À noite foi uma sinfonia. Dos seis que ficaram no shelter, três roncavam. Meus tampões não adiantavam. Por mais de um momento no meio da noite acordei, botei os fones de ouvido com música e voltei a dormir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s