Appalachian Trail S01E93

Dia 93, 16/07: Tom Leonard Shelter (1527.0) a Upper Goose Pond Cabin (1548.1)

Distância do dia: 21.2 milhas | 33,95 km

Distância total: 1548.1 + 8.8 milhas | 2505,58 km

Distância que falta: 641.7 milhas | 1032,71 km

Bem na metade da trilha de hoje, numa estrada chamada Jerusalem, que leva até a pequena vila de Tyringham, em Massachusetts, tem uma vendinha. Uma casinha de madeira de não mais que 1×1 metros. Não tem ninguém tomando conta. Ao lado existe uma mesa de piquenique, bem na sombra de uma árvore. Dentro da venda tem um frigobar com refrigerantes e isotônicos, biscoitos e barras de cereal pra venda; uma tomada pra que você possa carregar seus eletrônicos; livros que você pode trocar pelo que acabou de ler e ovos, de galinha e pata. Você pega o que quer e deixa o dinheiro em uma pasta. Na prateleira, um recado: “essa venda é mantida por duas crianças que usam o dinheiro para cuidar de suas galinhas”.

Cheguei ali por volta de meio dia e já tinha andado 12 milhas. Ontem, nesse mesmo horário, não tinha feito sete. O objetivo do dia era o abrigo de Upper Goose Pond, a dez milhas dali. Estava curioso com o lugar. Em um grupo no Facebook alguém tinha comentado que o lugar era ótimo. Os hikers que estavam na vendinha quando chegam falavam que queriam chegar rápido, pra garantir um lugar, já que cabiam só 14 pessoas. “Tem beliches! Com colchões!!”, diziam. Uma day hiker que cruzei durante o dia disse que serviam panquecas no café da manhã… E o lugar é gratuito.

A parte da tarde demorou a passar. Parecia fácil, mas apesar de plano era ou cheio de raízes ou pantanoso. Ia aproximando e não via o lago. Quando finalmente fui chegando perto do abrigo pude ver primeiro o lago, com água limpa e clara. Depois o abrigo em si: uma cabana de dois andares, com cozinha, lareira e tudo mais. Pintada de vermelho, se destacava no meio da mata. O lago não fica a mais de 20 metros. Esperei Wash Bear chegar pra ir nadar.

Não bastasse as panquecas na manhã a pessoa que cuidava da cabana – são voluntários, cada um cuida por uma semana, essa era a semana da Ruth, que estava ali com a filha, o marido e os três goldens retriever – fez também jantar, um cozido e salada.

Tudo tão bom, bonito, bem cuidado que à noite comentei com Wash Bear: “não vou te acompanhar amanhã. Boa caminhada. Vou tirar um zero aqui. Nos vemos de novo em breve”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s