Appalachian Trail S01E74

Dia 74, 27/06: Yellow Springs Village Site (1171.6) a 501 Shelter (1193.7)

Distância do dia:  22.1 milhas | 35,56 km

Distância total: 1193.7 + 8.8 milhas | 1935,23 km

Distância que falta: 996.1 milhas | 1603,06 km

Os shelters da Appalachian Trail seguem quase sempre o mesmo padrão: uma construção simples de madeira com três paredes, um teto. Alguns tem uma mesa de piquenique próximo, outros uma privada de compostagem. Cabem 6 pessoas, quando muito 8. Noventa e cinco por cento deles são assim. Os que não são logo chamam sua atenção. Alguns tem dois andares. Existe um enorme montado em um celeiro. Pelo menos dois feitos de pedra. O Fontana Hilton, o primeiro bem estruturado, com chuveiro e tudo mais, em Fontana Damn. E tem o 501.

Não, ele não é patrocinado pela Levi’s. Mas poderia. O 501 também é de madeira,mas enorme, com uma cúpula de vidro, uma mesa de piquenique no centro e 14 beliches em torno. Tem banheiro químico cheiroso e com papel higiênico. Chuveiro com aquecedor solar. E tomadas pra você carregar seus eletrônicos. Quando cheguei tinha uma travessa com frutas e legumes esperando. Fica no quintal de uma casa, e era um estúdio de pintura, me falaram. É um shelter, um abrigo, mas é melhor que muito albergue que fiquei.

Andei pelo menos 6 milhas a mais hoje pra ir em um cruzamento comer e comprar comida, mas nem precisaria. Logo antes do almoço cruzei um Trail Magic que me deu um refrigerante e uns chocolates e no final do dia o segundo, onde ganhei um suco, mais chocolates, e uma salada pronta. No almoço já tinha comido um Burger King, tomado um café com Donuts e comprado um Subway pra viagem (quando você vê ló guia que tal lugar tem “restaurantes” pode saber que é isso que te espera). O resultado dessa mistura foi um dessaranjo que fez dar uma parada estratégica no mato. Um leitor aqui do blog tinha pedido pra abordar isso aqui: como seu aparelho intestinal e estomacal seguram essa onda. É um tema comum nas conversas: quantas vezes você foi ao banheiro, qual a consistência, quantas vezes urinou, qual a cor… Sua dieta na trilha muda completamente. A minha normalmente se resume a algumas barras de proteína e uma comida pronta, cheia de sódio e aditivos, no jantar. Coisas que na vida normal evito fortemente. Mesmo assim dias como ontem são raros: este o segundo.

Hoje faço um Nero: ando menos de 10 milhas até uma estrada onde encontro o Mark, um americano casado com uma mineira que me encontrou online. Passo a noite na cabana deles. Mais amizades e boas conversas. Isso sim é importante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s