Appalachian Trail S01E26

Dia 26, 10/05: Wilder Mine Group Campsite (393.1) a Trail to Coon Den Falls (416.7) Distância do dia: 23.6 milhas | 37,98 kmDistância total: 425.5 milhas | 684,77 km

Resolvi mudar a contagem aí acima. Aquela contagem de distância do IPhone só estava me fazendo passar raiva. Hoje até que ele foi acertivo, marcou 37,9 km. Mas melhor deixar só a oficial. 

O que vocês podem notar é que a milha que eu parei (416.7) não é a mesma da total (425,5). Isso porque na total eu somo as 8.8 milhas da trilha de aproximação, que não fazem parte da AT. Aliás, deveriam. São provavelmente a parte mais difícil da trilha até agora…

Meu dilema da manhã era de tomava o café da manhã num Hostel que fica perto de onde eu acampei ou não. Custa caro – 12 dólares- mas dizem que você come até não poder mais. Dizem, porque passei batido por ele também. Me contive com o que eu tinha. Aliás, estou mudando umas coisas nos meus hábitos de caminhar. No princípio eu carregava 2 litros de água e o lanche era andando, sem parar. Agora carrego um litro só – porque esqueci uma das garrafas na casa da CeCe. Mas era algo que já estava pensando em fazer. E os lanches eu tenho me programado a parar a cada 5 milhas – ou 2 horas, mais ou menos.

Você leu certo: lanches. No início eu comia uma barra de proteína pela manhã e ficava cheio o dia todo. Agora não. Se deixar eu como de cinco em cinco minutos. Hoje foi uma barra de proteína, deus biscoitos recheados, um pacote de mini-cenouras, um snikers. Até chegar a hora do jantar, onde comi um pacote de purê de batatas (a porção é pra quatro pessoas) e dois saquinhos (tem a mesma porção mas são mais leves que as latas) de atum.

Hiker hunger. É real. A partir de um determinado momento da caminhada você só pensa em comida. Frutas, vegetais, doces, hambúrguer, pizza, chocolate, refrigerante, cerveja… isso é tudo o que passa pela sua cabeça. Você começa a programar suas paradas para que elas coincidam com locais que tenham mais opções de comida. Hoje parei aqui porque amanhã se eu fizer uma trilha de uma milha a mais eu chego numa cidade que tem McDonalds e Subway…

A monotonia do dia foi quebrada por dois cachorros que me seguiram por umas 4 milhas – uns 6 km. Me encontraram na margem do rio Elk, e quando cruzei as 400 milhas lá estavam os dois. Estavam perdidos, e pensei que poderia ser de alguém que estivesse no Shelter, na milha 402. Quase chegando lá parei na cachoeira Mountaineer – e os cachorros ficaram lá me esperando. Aí entra em cena o Daypack.

Ele deve ser uns anos mais velho que eu. Anda rápido, com só um bastão de caminhada e uma mochilinha minúscula – daí o Trail Name. A gente já vem se cruzando uns dois dias e devido ao tamanho da mochila achei que fosse um section Hiker. Não é: tá fazendo tudo. Hoje ele apareceu quando eu estava na cachoeira e foi ele quem levou os cachorros pro Shelter. Não era de ninguém, então Daypack deu sua última refeição pros cachorros. E como um day Hiker estava por lá ele iria levar os cachorros pra cidade pra adoção.

Daypack passou por mim de novo na água e andando um pouco juntos, conversando. Ele é de Chicago, já fez a PCT e o Caminho de Santiago e começou uns dias depois de mim. Iria hoje até o Hostel, pra comprar mais comida. Eu parei umas milhas antes. E como amanhã dou uma passada na cidade pra almoçar talvez não veja mais o Daypack e sua mochilinha…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s