Appalachian Trail S01E18

Dia 18, 02/05: Unnamed Gap (262.4) a Rich Mountain Lookout (281.7) Distância oficial: 19.3 milhas. Minha marcação: 29,2 km, 49.629 passos, 333 andares. Distância Total Oficial: 467,50 km

Quando eu ia descendo a serra rumo à cidadezinha de Hot Springs (população: 560 habitantes) ia pensando que se a caminhada fosse um campeonato de futebol o dia de hoje teria sido “pra cumprir tabela”. Iria andar só 10 milhas (16 km) suficiente pra chegar na cidade onde iria passar o resto do dia numa pousada, atualizado o blog (preciso de Wi-Fi pra subir as fotos, enquanto não tem vai indo só texto mesmo…) e no final do diria iria jantar em algum lugar legal. Também iria pegar minha nova lente grande angular pro IPhone, depois do cano que a Moment me deu. Ela estava prevista pra chegar hoje na pousada. E amanhã iria encontrar com o Fábio e tiraria um nero…Ia pensando isso quando cheguei no asfalto e com a cabeça aqui no blog virei pro lado errado. Já tinha andando bem uns 10 minutos quando me dei conta e voltei. E quando cheguei na pousada, lotada. E nada da minha encomenda. E na outra pousada nada de ter lugar também. Só no hotel, três vezes mais caro. Não, obrigado. Tentei falar com o Fábio e nada de sinal no celular. Nem mensagem mandava. Passei no posto de informações da cidade e me conectei à rede. Tentei falar com a Ale e nada. Tentei de novo falar com o Fábio, nada de sinal. Entrei no Skype, coloquei dez dólares de crédito e consegui ligar. Secretária. Tentei falar com o Elias pra gravar o podcast, já que ali tinha um bom Wi-Fi e não rolou. Tento falar com a Tati e ela atende. Até que enfim! “Tudo bem?” “Tô no hospital com a minha mãe…” Ca-ce-ta. 

Nessas horas que a caminhada mostra seu poder. Tá frustrado? Nada tá dando certo? Tá afim de jogar tudo pro alto? Vai caminhar. Dá uma volta no quarteirão, umas voltas na praça, vai pra um parque. Ou faz como eu: bota o pé na estrada. Passeia na beira de um rio, sobe uma serra, depois outra, se embrenha no meio da floresta que no final do dia as coisas se resolvem.

Andei mais dez milhas das três às sete. E cheguei em um camping, talvez o mais agradável até agora. E as coisas foram de resolvendo por conta própria. Marquei com o Elias outro dia pra gravar o podcast. Combinei com o Fábio de encontrar amanhã cedo. A coisa da Ale no hospital era simples e ela já tá em casa. Minha encomenda só chega amanhã à noite, mas pego uma carona na próxima cidade e vou lá buscar. De tudo que me afligia, nada eu tinha controle. Eu não poderia fazer nada a não ser caminhar. E caminhado as coisas se resolvem, sempre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s