Appalachian Trail S01E09

Dia 09, 23/04: Winding Star Gap (109.8) to Wayah Bald Shelter (120.5). Distância oficial: 10.7 milhas. Minha marcação: 16.2 km, 28.785 passos, 204 andares. Distância Total Oficial: 208.57 km

Uma noite num Hostel, com banho quente e cama – mesmo que o colchão seja inflável como no de ontem – faz toda a diferença. Capotei, como costumo dizer. Fui dormir não mais que 8 da noite, mesmo com o barulho das outras pessoas jogando baralho e tomando cerveja, e acordei por volta das seis. A primeira carona sairia 7:30, pelo que tinha dito o Beast, o responsável pelo lugar. Acordei cedo e fiz a pior coisa que se pode fazer em um albergue: acordei as outras pessoas. Duas vezes. Primeiro, quando fui pegar o celular, sem querer dei o play no podcast que tava ouvindo na noite anterior. “The following program contain explicit material…” saiu nos alto falante do celular… Era um podcast anti-Trump, o Trumpcast. Droga. Desliguei o mais rápido que pude. Escovei meus dentes e no retorno meu despertador toca. Droga dupla. “Sorry guys…” Estava acabando de empacotar minhas coisas quando uma das pessoas veio me perguntar que horas era o primeiro transfer. Era o White Walker.

O cara acabou esquecendo os bastões de caminhada e teve que voltar. Acabou passando a noite também no albergue. Fomos juntos na van do Seven até onde tínhamos parado ontem. O Seven é aquele tipo de cara que minha mãe diria pra nunca entrar no carro. Mau encarado, cabeça raspada, tattoos nas mãos e pescoço e sempre um cigarro na boca, ele dirige uma van com os vidros traseiros pintados. Mas o cara é gente boa. Uma celebridade no mundo AT do YouTube, sempre com dicas boas. “A única coisa que o YouTube me ajudou até agora foi conseguir mais namoradas. Antes eu tinha dois dates por agora. Agora… man…” me diz ele, ascendendo mais um cigarro.

O final do dia foi tenso. No final da tarde, arrumando minhas coisas, sei falta do meu cartão de crédito. Tinha usado pouco antes do almoço pra pagar o AppleCare, que tinha comprado online. Fui almoçar, paguei em dinheiro. E cartão não estava onde deveria. Nem no sofá que eu estava sentado mais cedo. Voltei no Lazy Hiker e também não acharam. Droga tripla. Liga pra Embratel, liga pra Amex a cobrar, cancela o cartão. O jeito vai ser usar o de débito até o final. E dar o jeito de não perder esse também.

Tinha chovido a noite inteira. E o dia continuava úmido. A chuva caindo, vento frio e eu e o White Walker caminhando. Seguimos perto por umas horas, até ele ficar pra trás. E mais chuva, e mais frio, e mais umidade. Pelo visto não iria parar. Por volta das 9h passei pelo Nick, que tinha ficado comigo no Top of Georgia. E pouco depois encontrei o Jacob, que também tinha ficado lá. Com a chuva aumentando, eu já estava completamente ensopado. Pés, mãos, pernas, ossos. Tudo molhado, sujo de barro e gelado. Parei no primeiro Shelter que apareceu e resolvi dar o dia por encerrado por depois de uma da tarde. Melhor me trocar, colocar uma roupa seca e entrar no saco de dormir. Ficar aquecido e descansar. Por hoje deu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s