Qual a diferença entre hiking e trekking?

“Em todo o decurso da minha vida só encontrei uma ou duas pessoas que compreendiam a arte de andar, isto é, de dar passeios a pé” Henry David Thoreau (1817 – 1862) em Andar a Pé.

Quem retomou esse assunto foi a Anazélia Tedesco, do Mochilando com Elas. Dia desses ela me chamou no Facebook e me mandou o link  dessa matéria com a pergunta: “Que que você acha dessa separação simplista aí? Me parece tão errada…”

A matéria que ela mandou (o link tá aí acima, pra quem quiser ler) era um texto do Blog Descalada com o título “Saiba qual a diferença entre hiking e trekking na prática do montanhismo”. Resumindo o que o autor disse, ele afirma que hiking é uma caminhada de curta duração, bate-e-volta, saindo e chegando num mesmo ponto, sem pernoite. Trekking, por outro lado, é uma travessia, saindo de um ponto a e chegando em ponto b, normalmente de vários dias. Para o autor Caminho da Fé é um trekking. Santiago de Compostela também. Ele inclusive usa esses dois caminhos como exemplo. E seguindo o raciocínio do autor, a Appalachian Trail é um trekking

Concordo com a Aninha. A diferenciação que o autor faz é simplista. E errada. Convenhamos: muita gente usa as duas palavras aleatoriamente. Porque, no fundo, no fundo, elas significam a mesma coisa. Ou quase…

O Diffen é um site ótimo, onde você compara duas coisas quaisquer. Por exemplo, football e soccer. Ou Merlot e Shiraz. Ou hiking e trekking. A definição dessas duas atividades e o quadro comparativo que está neste site foi espalhado em vários blogs e sites internet a fora. Para eles hiking pode ser de um dia ou mais, mas sempre acontece por uma trilha já estabelecida. Trekking, por outro lado, é mais intenso e acontece em locais de difícil acesso, sem trilha.

Ah! Agora ficou claro, né? Hiking: tem trilha. Trekking: não tem trilha… Isso até você procurar pela definição das palavras em outra fonte. A Wikipedia, por exemplo. Lá diz que “hiking significa andar em uma trilha, ou sem trilha, para fins de recreação”. E que nos Estados Unidos hiking de vários dias, onde também se acampa, é chamado de backpacking (em português: mochilão). Mas aí você volta lá no Diffen e os caras falam que “trekking também é conhecido como backpacking mas não deve ser confundido com montanhismo”. Eita! Mas agora é que ferrou tudo…

Pra você ver que a separação não é mesmo simples… O melhor é pegar um dicionário e ver, de uma vez por todas, a definição de cada uma dessas palavras… (As traduções e grifos são meus, só pra ilustrar meu ponto de vista)

Backpacking: travel or hike carrying one’s belongings in a backpack (viajar ou caminhar com seus pertences em uma mochila).

Hiking: walk for a long distance, especially across country or in the woods (caminhar por uma longa distância, especialmente no campo ou no mato)

Trekking: go on a long arduous journey, typically on foot (sair em uma longa e árdua jornada, normalmente a pé).

Basicamente as três palavras significam a mesma coisa. Mas parece ser consenso que trekking é mais longo e desgastante que hiking. Certo? Talvez…

Veja a Appalachian Trail, por exemplo. Ela ou qualquer outra trilha de longa distância é longa, extenuante e árdua. Pergunte a qualquer pessoa que já fez a trilha, inteira ou parte dela. Muitos vão te dizer que foi a coisa mais difícil que já fizeram na vida. Mas apesar disso não é trekking. Claro que só pra te confundir ainda mais, o principal site sobre trilhas de longa distância nos Estados Unidos se chama The Trek… Mas niguém nunca se refere à AT ou à PCT como trekking… Para eles, se você vai caminhar pela AT, seja por um dia ou um final de semana, você vai fazer um hiking… E se você, assim como eu, se dispõe a fazer a trilha do começo ao fim em uma única temporada, você está thru-hiking the Appalachian Trail. Você não está trekking the Appalachian Trail…  Entendeu ou complicou mais? O mesmo vale para o Caminho da Fé ou o Caminho de Santiago. Para aqueles onde o inglês é a língua nativa, nenhum dos dois caminhos é um trekking. Nem aqui nem na China…

O que EU acho disso? Pra mim isso é tudo uma grande bobagem. No meu entender hiking e trekking são apenas hashtags que uso nas fotos no Instagram. O que eu vou fazer na Appalachian Trail não é hiking, não é trekking, não é backpacking, não é bushwalking, como eles chamam na Austrália. O que vou fazer na Appalachian Trail é o mesmo que eu fiz no Caminho da Fé e na Estrada Real: eu vou andarCaminhar. Só isso. Tão mais simples! Tão mais fácil! Tão mais abrangente!

E na minha visão caminhar não é esporte nem aventura. Na orelha do livro Caminhar: Uma Fiolosofia, o autor, o francês Frédéric Gros, aborda justamente este ponto. Diz ele que ao contrário do esporte, onde técnicas e regras são necessárias, no andar a pé “só há um desempenho que de fato conta: a instensidade do céu, o viço das paisagens”. Menos técnica, menos discussão, mais contemplação. E deixe me ir. Preciso andar.

j-s_vynaska5_photo

Hiking, trekking, backpacking… Forget about it. It´s just walking…

 

Anúncios

Um comentário sobre “Qual a diferença entre hiking e trekking?

  1. Melhor mesmo é consultar quem entende: pesquisadores do Aldo Leopold Wilderness Research Institute (ALWRI); do National Park Service (NPS), do US Forest Service, por exemplo, além de várias universidades norte-americanas e de outros países e seus pesquisadores renomados como os Profs. Yu-Fai Leung (NCSU), Catherine Pickering (Griffith University – Australia), David N. Cole (ALWRI), entre outros grandes nomes que pesquisam o tema e têm extenso currículo de publicações na área.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s