Pequeno dicionário Apalache – Português

Vou fazer a AT em 2017. NOBO. Comer GORP por alguns meses, seguindo as White Blazes. Tirar poucos zeros mas alguns neros, de Amicalola a Kathadin, passando por ShenandoahMcAfee Knob.

Não entendeu nada, né? Pois é. Estou tendo que aprender uma nova língua pra fazer a Appalachian Trail. Uma variação do inglês, cheia de palavras, siglas e acrônimos  que nunca tinha ouvido antes, mas que nos últimos meses passaram a fazer parte da minha vida. Assim como em qualquer área, a caminhada pela trilha dos apalaches tem um dialeto próprio, uma língua que só é compreendida 100% por aqueles que vivem na trilha. Já ouviu dois designers conversando? Ou dois médicos? Pois é tipo isso.

E como vou passar cinco meses falando e ouvindo esse dialeto é bem provável que nos próximos textos eu incorpore uma palavra ou outra nos posts desse blog. Então achei melhor começar o ano fazendo esse glossário, um guia para ajudar vocês a não ficarem perdidos. Assim, quando eu começar a falar em “SOBO”, “white blaze” ou “Nero”, vocês vão saber do que se trata. Caso contrário é só voltar aqui e consultar o seu pequeno dicionário Apalache – Português.

Esse glossário vai ser atualizado constantemente, à medida que for me deparando com novos termos ou palavras.

100 Mile Wilderness – O trecho mais rústico e inabitado da trilha, já no estado de Maine. São cerca de 160 quilômetros no mato, sem cidades próximos. 

2.000 Miler – A Appalachian Trail em oficialmente 2189.9 milhas (3524,30 km). Um 2.000 Miler é qualquer pessoa que tenha andado mais de 2.000 milhas da trilha.

Approach Trail – A trilha de aproximação. O início oficial da AT é em uma montanha chamada Springer Mountain, um local difícil de chegar, mesmo de carro. Por causa disso muitos caminhantes preferem começar a trilha no parque de Amicalola Falls, que fica a 8.8 milhas antes do início oficial da trilha.

Aqua Blaze – Num determinado trecho da AT é possível alugar um caiaque e cortar caminho, economizando algumas milhas. Essa prática é chamada de Aqua Blaze (ver também: blaze, blue blaze, pink blaze, yellow blaze)

AT – A abreviatura de Appalachian Trail.

ATC – A abreviatura de Appalachian Trail Conservancy, a confederação das associações responsáveis pela conservação é manutenção da AT. É formada por centenas de voluntários nos 14 estados por onde a trilha passa e é a maior inciativa voluntária do mundo.

AYCE – All You Can Eat. Tudo o que conseguir comer. O tipo de restaurante predileto dos caminhantes.

Base Weight – Peso Base – O peso da mochila com tudo o que você estiver carregando, exceto água, comida e combustível, que são variáveis.

Bear Bag – a forma mais comum de deixar os ursos longe de sua comida é colocando tudo aquilo que tem cheiro em um saco e dependurar isso em uma árvore à uma distância segura do acampamento. O Bear Bag (sacola do urso) é o saco onde os caminhantes deixa a comida. (ver também Bear Canister, Ursack)

Bear Canister – Um bear canister é um recipiente de plástico extremamente duro à prova de ursos. Você coloca sua comida e tudo que tiver cheiro (pasta de dente, cremes etc) dentro, fecha e coloca a uma distância segura de seu acampamento. Só é obrigatório em um pequeno trecho da Appalachian Trail.

Big 3 – Mochila, barraca e saco de dormir. Os três itens mais pesados que você carrega são chamados assim.

6418323_orig

Olar. Eu sou uma White Blaze.

Blaze – As blazes (chama ou brilho) são as marcações que você segue na trilha. A marcação oficial da AT são as White Blazes, um retângulo branco de 5 x 15 cm pintado em árvores, pedras e placas pelo caminho. São aproximadamente 165 mil white blazes pela trilha, a uma distância média de 20 metros entre uma e outra. Veja também: Blue Blaze, Double Blaze, Yellow Blaze, Pink Blaze, Aqua Blaze)

Blue Blaze – Trilha não oficiais próximas à Appalachian Trail são pintadas de azul. São as Blue Blazes. Levam a cabanas, lagos, mirante ou são simplesmente atalhos. Quem se aproveita desses atalhos é chamado de Blue Blazer.

Bounce Box – Como o acesso a comida de qualidade pode ser difícil na trilha os caminhantes têm o habito de empacotar aquilo que sentem falta, colocar em uma caixa e enviar pelo correio para uma agência próxima à trilha. Chegando lá eles tiram o que querem, fecham a caixa e enviam novamente para a próxima cidade. E assim vai até o final da caminhada. Essa caixa é chamada de Bounce Box (ou caixa pula-pula) (veja também: Mail Drop)

Cat Hole – Buraco de gato. A sua privada, na maior das vezes. O Cat Hole é o buraco que você cava para encobrir suas vezes no meio do mato.

Damascus – Uma cidade com menos de mil habitantes no estado da Virgínia por onde a trilha passada. É considerada a capital da Appalachian Trail.

Double Blaze – Duas marcações, uma acima da outra, mostrando uma mudança de direção na trilha.

Duct Tape – A nossa Silver Tape, uma fita adesiva grossa e resistente, a senhora das trilhas, salvadora em todas as situações, seja cobrir uma bolha no pé ou um tênis rasgado.

Flip-Flop – Um forma alternativa de fazer a trilha, começando em algum trecho na metade e seguindo até o final (ou o início) e depois fazendo a metade restante. A vantagem do flip-flop é evitar um grande número de caminhantes e temperaturas muito frias ou muito quentes. (ver também: SOBO, NOBO)

GORP – Good old Raisin and Peanuts – O bom e velho passas e amendoim. Ou qualquer variação de mix de frutas secas, o lanche mais consumido pelos caminhantes durante o dia.

Kathadin – a montanha onde a trilha termina no norte, no estado americano de Maine.

Hiker Box – caixas ou containers deixados na trilha onde os caminhantes podem descartar coisas que não querem mais (comida, equipamentos etc) mas podem ser utilizados por outras pessoas.

HYOH – Hike Your Own Hike – Trilhe Seu Próprio Caminho. A frase mais usada pelos caminhantes. Cada um na sua. Pra mim soa como uma forma bem educada de dizer “ei, foda-se”. Por exemplo, se alguém começa a dar palpites sobre seu ritmo de caminhada ou o equipamento que está levando é só soltar um “Hey, Hike your Own Hike my friend”. O que pra mim soa como “Qualé, meu irmão. Vai se foder e me deixa na minha”. 😀

Lyme Desease – A doença do carrapato. Esse é meu maior medo na trilha. É causada pela picada do carrapato, comum em alguns trechos mais ao norte.

Mail Drop – As encomendas que os caminhantes recebem durante a caminhada, seja em correios ou entregues em albergues. Podem conter comida, equipamento, cartas etc. Normalmente são enviadas por algum familiar do caminhante. (veja também: bounce box)

McAfee Knob – Certamente o lugar mais fotografado da trilha. Fica no estado de Virgínia. Saca só:

mcafeeknob1

Mountain Money – Dinheiro da Montanha – uma gíria para papel higiênico.

Nero – Near Zero – um dia onde o caminhante anda pouco, acrescentando quase nada na sua caminhada (veja também: zero)

NOBO – Todo caminhante que faz a trilha no sentido Sul-Norte (Georgia-Maine). Este é o sentido mais popular. Eu sou um NOBO. (veja também: SOBO, Flip Flop)

Pink Blaze – Quando uma pessoa passa a seguir outra na trilha com intenções, digamos, mais íntimas.

Privy – Privada. Pode ser encontrada em alguns abrigos pelo caminho.

Purist – Puritano – Um caminhante que passa por todas as marcações brancas (white blaze), sem desviar o caminho ou pegar atalhos.

Section Hiker – Todo caminhante que faz um trecho da trilha. Muitas pessoas fazem um trecho diferente por ano e completam a Appalachian Trail depois de diversos anos. (veja também: thru hiker)

Shelter – Abrigo. São cerca de 260 em toda a AT (uma média de um a cada 14 quilômetros). Os abrigos são, na maioria, construções simples de madeira, sem porta, nem energia elétrica e muitas vezes sem instalação sanitária. Por outro lado são infestados de ratos.

Shenandoah – Um parque nacional que a Appalachian Trail cruza, no estado da Virgínia.

Slack Packing – Alguns caminhantes deixam a mochila em algum hotel ou albergue e fazem trechos da trilha sem carregar o peso dos equipamentos. Essa prática é chamada de Slack Packing

SOBO – Todo caminhante que faz a trilha no sentido Norte-Sul (Maine-Georgia). (Veja também: NOBO, Flip Flop)

The Whites – A abreviatura das White Mountains, no estado de New Hempshire. O trecho, de pouco mais de 100 milhas, é considerado por muitos um dos mais difíceis da AT.

Thru Hiker – Todo caminhante que faz a trilha completa, do início ao fim, em uma temporada. (veja também: section hiker)

Trail Angel – Pessoas que de alguma forma ajudam os caminhantes. Seja com a distribuição gratuita de comida e bebida, seja com carona. Muitos Anjos são ex-thru hikers (veja também: Trail Magic)

Trail Magic – Os “presentes” que são deixados pelos Anjos para os caminhantes. Pode ser comida (muitos fazem churrasco ou cachorro quente) ou bebidas (o que melhor que uma cerveja gelada depois de alguns quilômetros caminhando?). 

Trail Name – Uma das tradições da AT é que você precisa ter um nome de guerra, um apelido. Isso é seu Trail Name. O caminhante pode escolher. Ou o nome pode ser imposto: nesse caso quase sempre acontece quando você faz uma besteira. Não quero passar por isso. Ainda não decidi o meu, mas tenho umas ideias.

Ursack – O Ursack tem o mesmo objetivo do Bear Canister: um recipiente à prova de ursos. A diferença é que ele é feito de um tecido ultra resistente, mais leve que o Bear Canister. É colocar a comida dentro e amarrar o saco em uma árvore.

Vitamin I – Vitamina I – A gíria para Ibuprofeno, um analgésico muito utilizado para dores musculares e nas articulações.

Yellow Blaze – é a gíria para carona, porque as marcações na estrada são pintadas em amarelo. Quem pega carona na trilha é chamado de Yellow Blazer.

Yo-Yo – Completar a trilha inteira e quando chegar ao final voltar até o início. Pois é. Tem gente que tenta fazer isso.

Zero – um dia de descanso, onde o caminhante acrescenta zero milhas na jornada.

Anúncios

Um comentário sobre “Pequeno dicionário Apalache – Português

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s