Pacific Crest Trail S01E52

Dia 52

Little Cub Spring

46 km hoje

1496 km total

A trilha da trilha: The Mighty Mighty Bosstones – To California

O Caribou tem se tornado famoso na PCT por causa do milkshake. Por isso não poderia deixar de experimentá-lo. Quando cheguei, já escurecendo ontem à noite, encontrei o Chris, dono do lugar. “Bem-vindo. Pode acampar ali atrás. Já tem um bando de vocês lá”.

Eram os dois alemães, Highlander e Loki, e as duas americanas, Creole e Blueberry. Montei minha barraca e jantei já no escuro. O lugar, além da lanchonete de beira de estrada, é um estacionamento de trailers e espécie de central de pescadores que vão em busca das trutas do Feather River, que passa ao lado.

Às sete, quando a lanchonete abre, eu já estava na porta pro café da manhã. “Me dá só uns minutos pra eu aquecer a chapa”, me disse o Chris. Antes do milkshake eu comi dois ovos, cinco fatias de bacon, duas torradas, batatas e tomei quatro xícaras de café..:

Até Chester, a próxima cidade, são 44 milhas. Pensei em andar o máximo possível pra ficar o mais perto dela e chegar lá ainda na parte da manhã. Não ia ser fácil: saindo dali seriam 15 milhas de subida, promessa de mais neve e dia quente.

Blueberry e os alemães me acompanharam no café. Eles ficaram pra um dia de descanso, ela saiu comigo pra tentar uma carona. “Ish, tá rápido demais. Não vai parar”, falei. E me enganei. A motorista pisou no freio, parou na entrada da ponte, sem se importar com o caminhão que vinha atrás. Corremos pra entrar no carro, um Ford com mais de 20 anos (aliás, sobre caronas, a possiblidade de alguém parar pra você cresce com a idade e o modelo do carro. Quanto mais antigo e simples maior a possibilidade. Fato, inclusive, que corrobora com uma pesquisa feita por aqui que diz que motoristas de carros mais antigos e simples também tem mais tendência em reduzir a velocidade em sinais de trânsito…)

Apesar de longa a subida não foi complicada. Cheguei ao topo cinco horas depois, e a partir daqui foi quase sempre descida. Blueberry me encontrou logo depois e seguimos juntos até o final do dia. Ela tem apenas 21 anos, faz psicologia e retomou a trilha há uma semana, depois de fazer a primeira parte ano passado.

Acampamos a 15 quilômetros de Chester. Devemos chegar lá por volta do meio dia. Ainda não sei se fico na cidade ou simplesmente reabasteço e sigo viagem. Quero terminar a trilha até o final de agosto. Blueberry que terminar antes, no seu aniversário, no dia 19, e está tranquila que vai dar tempo. “A partir daqui a trilha fica bem mais plana. A gente vai estar fazendo 30 milhas por dia todo dia em breve”, ela disse. Assim espero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.