Pacific Crest Trail S01E114

Dia 114

Falls Creek

49 km hoje

3922 km total

Eu estava a 10 minutos da estrada que leva à Kennedy Meadows. Fiz hora pra sair da barraca e quando cheguei à estrada esperei um bom tempo por um carro. Nada. Resolvi caminhar.

Minha decisão tomada na noite anterior foi essa: se chegar na estrada e conseguir uma carona fácil eu vou. Caso contrário continuo andando. Continuei andando.

E a decisão foi acertada. A chuva que ameaça ontem acabou caindo hoje. Por sorte eu já tinha descido das montanhas – foram mais de 20 quilômetros acima dos 3000 metros de altitude. Quando cheguei no ponto mais baixo do dia – por volta dos 2500 metros, a chuva caiu. Ouvia raios e trovões ao longe, talvez na montanha onde passei mais cedo. Mas aqui embaixo era só uma chuva leve. Chata, mas leve.

O cenário era, de novo, de tirar o fôlego. É tudo tão bonito, tão cinematográfico, tão impressionante que não da nem vontade de tirar foto. É sério: a vontade é só ficar admirando…

O tênis, que estava prestes a morrer, morreu de vez. Rasgou completamente. Tentei consertar com silver tape, mas com a quantidade de rios que tenho cruzar durante o dia não aguentou. Peguei uma corda que estava carregando (e estava prestes a jogar fora) e amarrei em volta do meu pé. Vai ter que funcionar assim até chegar a Tuolumne Meadows.

Aí tem o problema de mandar caixas: para que eu consiga pegar o tênis ainda no sábado antes das 13h, quando o correio fecha, tenho fazer dias longos e difíceis hoje e amanhã. Cinquenta quilômetros por dia, nesse terreno; com um pneu furado. E no sábado acordar cedo pra chegar lá antes de uma da tarde. Tenho certeza que vai dar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.