Pacific Crest Trail S01E100

Dia 100

Lake Sally Ann

42 km hoje

3381 km total

Parecia que a trilha estava comemorando meus 100 dias de caminhada. Pra começar o sol voltou. O dia agradável, bonito, visual de encher os olhos. Depois eu vi tudo quando é bicho não do lado, não perto, mas na trilha.

Pra começar uma ave, do tamanho de uma galinha. Mas não era galinha porque sabia voar. Tava lá, de bobeira, até eu chegar perto.

Depois um veado. Tranquilo, saiu de lado quando me aproximei, mas ficou ali me encarando.

Aí uma marmota. Grandona, vinha toda serelepe no sentido contrário ao meu. Parou, me encarou e saiu pela esquerda.

Ficou faltando o que? Urso, claro. Mas não por muito tempo.

Eu vinha numa parte plana da trilha, que fazia uma pequena curva pra direita. Como nesse região tem muito huckleberry, um parente do mirtilo, que cresce num arbusto de médio porte, eu não via o que tinha depois da curva. De repente vejo um bicho preto. Vindo na minha direção. Por uma fração de segundos pensei que fosse um cachorro (tem muita gente fazendo trechos da trilha com cachorro. Eles ficam sem coleira, mas quando cruzam a gente os donos chamam e seguram até a gente passar).

Enfim, por uma fração de segundo pensei que fosse um cachorro. Não era: era um urso preto, adolescente, correndo na minha direção. A gente, eu e ele, se deu conta quando estávamos a menos de 2 metros um do outro. Eu parei, soltei um “wow!” e dei dois passos pra trás, procurando sinal de urso adulto. Ele, numa agilidade que não vi igual, subiu na árvore ao lado da trilha, viu que me afastei, desceu e correu pro mato. Isso tudo em dois, três segundos.

Quando ele desceu dei poucos passos – 5, 6 no máximo – e encontrei duas meninas vindo pro sul. Contei do urso, que tinha acabado de ver, eles ficaram meio sem acreditar. Meu palpite é que o urso se assustou com elas, veio na direção contrária e deu de cara comigo.

Confesso: me deixou de perna bamba. E de todos os bichos o único que não consegui tirar foto foi do urso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.